Ads 468x60px

Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário


O novo filme dos cavaleiros de Atena mal foi lançado no Japão e já está confirmado para estrear em terras tupiniquins no dia 11 de Setembro deste ano. Vinte anos depois da sua estréia no Brasil, o seriado ganhou um longa metragem totalmente feito em computação gráfica, surpreendendo fãs da série pelo mundo todo. Quando o filme foi anunciado que viria a ser lançado no Brasil, os rumores de que nenhum estúdio de dublagem teria se interessado pelo filme e as vozes originais do seriado pudessem ser alteradas (o que com certeza iria tirar a magia do filme) repercutiu na internet. Mas para a alegria dos fãs, todos os dubladores brasileiros originais da série trabalharam no filme, com exceção de Valter Santos (dublador do Camus de Aquário) que faleceu ano passado e Ezio Ramos (dublador do Afrodite de Peixes) que faleceu em 99. Então podem se preparar para muita nostalgia!

O filme é baseado na saga das doze casas dos Cavaleiros de Ouro onde Seiya, Hyoga, Shiryu, Shun e Ikki terão que percorrer as doze casas para salvar Saori Kido, a reencarnação da deusa mitológica Atena. O filme é similar ao mangá e ao anime, mas com algumas diferenças bem interessantes. O que eu posso adiantar são algumas mudanças visíveis por conta do filme ser inteiramente feito em computação gráfica (diferente da série, que era em animação tradicional) como o design das armaduras, que perdeu aquele visual clássico para uma versão mais arrojada, mudança em algumas lutas clássicas da saga das doze casas, uma caracterização mais juvenil e mais “desleixada” para os cavaleiros de bronze, entre outras novidades que você verá em imagens em alta definição.

Em uma nota oficial o criador da série, Masami Kurumada, ressaltou sobre as mudanças necessárias nas armaduras dos cavaleiros (fato que fez alguns fãs assíduos torcerem o nariz) e no roteiro, alegando dar um visual mais moderno às armaduras, para que combinassem mais com o estilo de animação em computação gráfica. Ainda segundo Kurumada, estava na hora de um reboot na série para não tornar o formato do filme maçante (o que nunca aconteceu com Dragon Ball, por exemplo, que ficou há mais de 10 anos no ar e nunca teve um longa metragem em CG e sim um filme horrível com pessoas reais, que falarei sobre em breve).

No Japão, o filme já rendeu 1 milhão de dólares desde junho deste ano. Aqui, a expectativa é muito grande, pois o Brasil é um dos países onde o anime mais fez sucesso. Em vários países latinos como Peru, o filme já estreou, então vale a pena esperar pra conferir.

Enquanto isso fique com um dos trailers do filme:
Fonte: http://www.playstorm.com.br/

Um comentário:

gadarf disse...

Eu vou assistem, com certeza.

Publicidade

Acompanhe-nos por e-mail